Thiago Diaz completa 12 meses sem divulgar balanço financeiro da OAB-MA
Política

Thiago Diaz completa 12 meses sem divulgar balanço financeiro da OAB-MA

Presidente da Seccional maranhense nunca divulgou gastos da gestão. Último balanço divulgado é de setembro de 2015

O presidente da Seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Thiago Roberto Morais Diaz, completou 12 meses de gestão sem divulgar qualquer gasto feito durante o período em que está no comando da entidade.

Em levantamento feito na página de Transparência da OAB-MA, o último balanço financeiro trimestral divulgado é o de julho/setembro de 2015 e o último anual é o de 2014, período em que quem estava na presidência era o advogado Mário Macieira.

A falta de transparência na gestão de Diaz impede que a classe e a sociedade acompanhem, por exemplo, se os gastos são superiores à arrecadação; se há acréscimo acentuado de despesas; se existe e o valor da reserva de contingência; se a folha de salário dos funcionários está sendo paga; se há pagamento desordenado de obras sem a devida comprovação de sua realização; e de quanto é a receita da entidade.

A transparência da gestão dos recursos foi uma das principais promessas de campanha feitas por Thiago Diaz durante a disputa pela presidência da Seccional maranhense.

O ATUAL7 questionou o presidente da OAB-MA sobre o atraso em um ano na divulgação do balanço financeiro de sua gestão, porém não recebeu retorno até a publicação desta matéria.

Comentários 2

  1. Erivelton

    Isso demonstra que a teoria na prática é outra coisa. O atual presidente reduziu a anuidade, depois aumentou novamente e até agora ninguém sabe como está o financeiro da OAB, ninguém sabe o que aconteceu para que voltasse atrás nessa redução, isso sem falar da letargia da entidade que não questiona nada, não se manifesta sobre os problemas sociais do dia a dia e fica apenas vendo o tempo passar. A OAB deve ser proativa e deve se destacar pela realização constante dos
    seus objetivos.

Comente esta reportagem