União da oposição em torno da candidatura de Roberto Rocha durou um mês e dois dias


Com entrada de Castelo no palanque de Dino, socialista deixou de ser o único candidato do comunista ao Senado Federal





Atual7

A propalada maturidade e união da oposição dinista em torno da candidatura de Roberto Rocha (PSB) ao Senado Federal durou apenas um mês e dois dias, contados.

Curta a página do Atual7 no Facebook

Laranja em 2010 - segundo José Reinaldo Tavares, Roberto Rocha acreditou que seria candidato único ao Senado pela oposição dinista em 2014. Foto: Divulgação / PCdoB

A ROCHA VIROU AREIA Laranja em 2010 – segundo José Reinaldo Tavares, Roberto Rocha acreditou que seria candidato único ao Senado pela oposição dinista em 2014. Foto: Divulgação / PCdoB

No dia 13 de março deste ano, seis partidos que seguem os rastros do comunista Flávio Dino resolveram anunciar o consenso em torno de um único nome para disputar a vaga que será aberta com a saída do senador Epitácio Cafeteira (PRB), e que este nome seria o do vice-prefeito de São Luís.

Exatamente um mês e dois dias depois – inclusive no mesmo horário, conforme revelado pelo Atual7 na última quinta-feira (17), umas das legendas, PCdoB, resolveu abrir para os tucanos a mesma vaga até então firmada em juramento apenas para Rocha, entrando agora na disputa o tucano João Castelo, símbolo do atraso para Dino nas recentes eleições de 2008, 2010 e de 2012, mas grande liderança política e motivo de honra antes mesmo de terminar 2013.

Algumas semanas antes de ser traído pelo comunista, o ex-único pré-candidato ao Senado chegou a fechar acordos de fornecimento de estrutura de campanha – e votos de cabresto de Balsas – com os aliados de ocasião José Reinaldo Tavares (PSB) e Domingos Dutra (SDD).

Agora, com o cumprimento da promessa da dupla, que desistiu da corrida ao Senado em favor de Rocha, resta saber se, com a entrada de Castelo, o socialista vai manter a palavra – ou dar uma de Flávio Dino.

Aécio Neves virá ao Maranhão confirmar vice e senador na chapa de Flávio Dino


Visita será no próximo dia 9. O ex-prefeito João Castelo será o candidato do comunista ao Senado Federal





Atual7

Principal adversário da presidente Dilma Rousseff nas eleições de outubro próximo, o senador tucano Aécio Neves desembarcará na capital do Maranhão no próximo dia 9, para confirmar as vagas de vice e senador na chapa do comunista Flávio Dino.

A informação foi repassada ao Atual7 por um fonte bem próxima a um dos presentes na reunião ocorrida na última terça-feira (15), em Brasília, entre o senador tucano e o comunista, quando a data da visita ao estado foi acertada.

Curta a página do Atual7 no Facebook

Visita do tucano foi acertada em Brasília, desde o início da semana. Foto: Divulgação / PCdoB

PARTIDO DO MARANHÃO Visita do tucano foi acertada em Brasília, desde o início da semana. Foto: Divulgação / PCdoB

Diferente do que foi publicado pela imprensa maranhense – inclusive pelo Atual7, embora já esteja fechado que a vaga é do PSDB, não há ainda a garantia do nome do deputado federal Carlos Brandão como o vice de Dino. Além dele, disputam o ex-prefeito de Açailândia, Ildemar Gonçalves – por indicação de Sebastião Madeira, e a professora Miosótis Lúcio, que já foi vice do ex-presidente da Embratur, nas eleições de 2010.

Na reunião com Aécio, o único nome definido foi o do ex-prefeito de São Luís, João Castelo, que será lançado ao Senado Federal.

Segundo especialistas em direito eleitoral consultados pela reportagem, o comunista pode abrir palanque para dois candidatos ao Senado [João Castelo e Roberto Rocha], desde que a coligação feita com o PSDB seja apenas para a escolha do candidato ao governo estadual, que no caso seria o próprio Flávio Dino.

No final de novembro do ano passado, o pré-candidato pelo PCdoB chegou a afirmar que Castelo é uma grande liderança política, e que seria uma honra tê-lo em seu palanque, agora em 2014.

Mata Roma: construtora beneficiada com licitação direcionada é do sogro da prefeita


Pai do ex-deputado Paulo Neto, João Bernardo é um dos sócios da Construtora São Lourenço Ltda





Atual7

A Construtora São Lourenço Ltda, de CNPJ 10.402.298/0001-10, que faturou R$ 431.392,40 da verba federal depositada nas contas da Prefeitura de Mata Roma para construir uma quadra poliesportiva no município, é de propriedade de João Bernardo Neto, o ‘João Lúcio’, pai do ex-deputado Paulo Neto, esposo da prefeita da cidade, a peemedebista Carmem Silva Lira Neto.

Ex-prefeito do município, o sogro da prefeita de Mata Roma é conhecido da Justiça por participar de outras ações que envolvem o desvio de dinheiro público – chegando a ter pedido de prisão decretado, sempre em parceria com o filho.

Curta a página do Atual7 no Facebook

Pai do esposo de Carmem Neto não é mais prefeito de Mata Roma, mas ainda mantém fortes relações com os cofres do município. Foto: Reprodução

A GRANDE FAMÍLIA Pai do esposo de Carmem Neto não é mais prefeito de Mata Roma, mas ainda mantém fortes relações com os cofres do município. Foto: Reprodução

Nessa quarta-feira (16), o Atual7 revelou que um relatório da CGU, de um levantamento feito entre os dias 18 e 22 de março de 2013, aponta que a Prefeitura de Mata Roma, comandada pelo casal Neto, beneficiou empresas com recursos federais no âmbito de programas de governo ligados à Saúde e Educação do município. A São Lourenço foi uma delas.

De propriedade do sogro da prefeita de Mata Roma, Construtora São Lourenço fatura alto no município. Foto: Atual7

TUDO EM FAMÍLIA De propriedade do sogro da prefeita de Mata Roma, Construtora São Lourenço fatura alto no município. Foto: Atual7

De acordo com a Controladoria-Geral da União, o esquema funcionava por meio de licitações direcionadas, onde as contratadas recebiam a verba pública apesar de não executar ou executar irregularmente obras e serviços.

No caso da obra que gerou quase meio milhão de reais para a construtora do sogro da prefeita, registros feitos em Mata Roma, no último dia 4, mostram que, além da falha estrutural, o serviço não foi concluído.

Um das imagens obtidas pelo Atual7 mostra como é a obra que custou 431.392,40 dos cofres públicos. Foto: Atual7

PADRÃO FIFA Um das imagens obtidas pelo Atual7 mostra como é a obra que custou 431.392,40 dos cofres públicos. Foto: Atual7

Sobre a sócia de João Bernardo Neto na São Lourenço, o Atual7 apurou que Katyane dos Santos Almeida teve seu nome cadastrado no programa Bolsa Família, de onde recebeu um bom dinheiro, agora em 2013. Apesar de ter declarado possuir baixa renda, ela chegou a fazer uma doação para a campanha de Carmem Neto.

Com Flávio Dino eleito, Roseana Sarney e Ricardo Murad podem ser presos por corrupção


Comunista terá em mãos todas as provas documentais contra a dupla





Atual7

Sem mandato, sem poder. A perigosa decisão tomada pela governadora Roseana Sarney e seu cunhado Ricardo Murad – e a real possibilidade de José Sarney não se reeleger -, pode colocar os cunhados maranhenses na cadeia, pelos vários crimes de corrupção que pesam com eles.

A esperança da população do Maranhão em ver não somente o Clã fora do poder, mas atrás da grades, está nas mãos do comunista Flávio Dino, exílio conhecer das leis, e acusador dos membros da Oligarquia desse tipo de crime, quase que diariamente nas redes sociais.

Curta a página do Atual7 no Facebook

Fora do poder e sem foro privilegiado, Roseana e Ricardo podem parar atrás das grades, caso comunista prove que as acusações de corrupção que faz contra a dupla são verdadeiras. Foto: Handson Chagas

PEDRINHAS Fora do poder e sem foro privilegiado, Roseana e Ricardo podem parar atrás das grades, caso comunista prove que as acusações de corrupção que faz contra a dupla são verdadeiras. Foto: Handson Chagas

Se Dino for eleito em outubro próximo, ele terá os três meses restantes de 2014 para fazer um levantamento real de todos os contratos feitos pelo Governo do Estado, por uma equipe de transição – e pela PGE, quando assumir. Com todas as provas documentais, o comunista, que tem livre e bom trânsito em todos os Três Poderes, poderá então trabalhar tranquilamente pela prisão de Roseana Sarney e Ricardo Murad, ao entregar o calhamaço nas mãos do Ministério Público Eleitoral (MPE), que é quem pode denunciar e pedir a prisão da dupla.

Mas caso Flávio Dino seja eleito, e não aconteça sequer o levantamento dos contratos feitos por Roseana Sarney e Ricardo Murad, ficará comprovado que as acusações que o oposicionista faz nas redes sociais, principalmente no Twitter, são todas sem qualquer fundamento. Ou então se confirmará a realização de um acordo feito em Brasília entre o comunista e a oligarquia maranhense.

Por falta de drenagem, São Luís fica debaixo d’água após poucos minutos de chuva


No bairro do Renascença II, carros ficaram quase totalmente submersos





Atual7

Que a capital do Maranhão é uma ilha é conhecimento de todos. O que muitos não esperavam, porém, é que menos de 30 minutos de chuva pudessem deixar São Luís, literalmente, debaixo d’água.

Curta a página do Atual7 no Facebook

Na tarde desta quarta-feira (16), o bairro do Renascença II, um dos mais nobres da cidade, ficou completamente alagado, nas proximidades do Curso Wellington, que vem sofrendo o descaso da Prefeitura de São Luís e da Caema (Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão) há décadas.

O local é palco de constantes alagamentos, mas sempre após horas de chuvas. Esta é a primeira que um chuvisco causa o estrago.

Em outros bairros, segundo várias imagens que começaram a ser publicadas nas redes sociais, principalmente os da periferia de São Luís, a situação não foi diferente.

Veja as imagens:

Carros ficaram quase completamente debaixo d'água. Foto: Julio Vinicius

AVANÇA SÃO LUÍS Carros ficaram quase completamente debaixo d’água. Foto: Julio Vinicius

Renascença sofre com o descaso da prefeitura e Caema à cada chuva em São Luís. Foto: Atual7

ALAGADA ILHA Renascença sofre com o descaso da prefeitura e Caema à cada chuva em São Luís. Foto: Atual7

Bairro do Calhau virou um 'olho d'água'. Foto: Mauricio Miguel

AÇUDE Bairro do Calhau virou um ‘olho d’água’. Foto: Mauricio Miguel

Enquanto Luciano Leitoa se preocupa com ‘fakes’, população de Timon sofre com descaso


Prefeito quer que 'perfis falsos' parem de divulgar imagens como a de uma ponte que liga a sede do município ao povoado de Piranhas





Atual7

Há cerca de duas semanas, o prefeito cibernético do município maranhense de Timon, Luciano Ferreira de Sousa, o Luciano Leitoa (PSB), entoa aos quatro cantos do Maranhão que denunciaria pessoalmente as ações de supostos ‘fakes’ [perfis falsos em redes sociais], que estariam denegrindo sua imagem no Twitter, Instagram e, principalmente, Facebook.

Político de palavra, o socialista esteve, na manhã desta quarta-feira (16), depondo no 1º Distrito Policial de Timon, levando consigo um calhamaço que comprovaria a existência da ‘quadrilha de perfis falsos nas redes sociais’ criada com o ‘único objetivo de espalhar mentiras’ a seu respeito e tentar ‘destruir a sua reputação e a de sua família’.

Curta a página do Atual7 no Facebook

O Atual7 pesquisou sobre uma das publicações no Facebook que ‘denegriram’ a imagem de Leitoa.

Prefeito de Timon cumpriu a promessa e esteve na delegacia, para denunciar os 'fakes'. A promessa de recuperação de uma ponte, porém, ficou pra depois. Foto: Reprodução / Facebook

DITO E FEITO Prefeito de Timon cumpriu a promessa e esteve na delegacia, para denunciar os ‘fakes’. A promessa de recuperação de uma ponte, porém, ficou pra depois. Foto: Reprodução / Facebook

Trata-se de uma ponte – ou pelo menos o que resta dela – que liga a sede do município ao povoado de Piranhas, alvo de centenas de pedidos de reparos urgentes, feitos pela população, vereadores, rádios comunitárias locais e até em um laudo do Corpo de Bombeiros.

Sustentada com pedaços de caibros colocados por quem precisa passar diariamente pelo local, a ponte é a única entrada e saída para dezenas de localidades situadas na Zona Rural Ribeirinha, que fica no Norte de Timon.

Veja as imagens que denegriram a honra do prefeito Luciano Leitoa:

Luciano Leitoa quer que 'fakes' parem de denegrir sua reputação e de sua família por divulgar imagens como esta. Foto: Reprodução / Facebook

FALSA PREOCUPAÇÃO Luciano Leitoa quer que ‘fakes’ parem de denegrir sua reputação e de sua família por divulgar imagens como esta. Foto: Reprodução / Facebook

Socialista quer que a 'quadrilha de perfis falsos' seja presa por divulgar o abandono da ponte nas redes sociais. Foto: Reprodução / Facebook

UMA LEITOA DE FAKES Socialista quer que a ‘quadrilha de perfis falsos’ seja presa por divulgar o abandono da ponte nas redes sociais. Foto: Reprodução / Facebook

'Fakes' estariam dando trabalho ao prefeito Luciano Leitoa, com denúncias sobre sua gestão. Foto: Reprodução / Facebook

AOS PEDAÇOS ‘Fakes’ estariam dando trabalho ao prefeito Luciano Leitoa, com denúncias sobre sua gestão. Foto: Reprodução / Facebook

‘Avança São Luís’: asfalto cede e ‘engole’ roda de ônibus no Anel Viário


Acidente aconteceu na tarde dessa terça-feira (15). Ônibus só foi tirado do buraco com a ajuda de um guincho





Do G1 MA, com edição do Atual7

Um incidente acontecido na tarde dessa terça-feira (15), no Anel Viário, em São Luís, assustou os passageiros de um ônibus que faz linha para o bairro da Liberdade. O veículo caiu em um buraco formado exatamente no momento em que o veículo passava pelo local, no fim da Avenida Vitorino Freire.

Curta a página do Atual7 no Facebook

Problema atrapalhou o trânsito no Anel Viário. Foto: Reprodução / TV Mirante

Problema atrapalhou o trânsito no Anel Viário. Foto: Reprodução / TV Mirante

GESTÃO OCA Segundo testemunhas, o ônibus manobrando para sair do Anel Viário, quando passou pelo trecho onde o asfalto cedeu. O buraco formado no asfalto ‘engoliu’ toda a roda esquerda dianteira do ônibus, deixando a frente do veículo encostada no chão.

O perigoso é que todo este asfalto, que cedeu com o peso do ônibus, esta completamente oco por baixo.

Agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) tiveram que controlar o trânsito para evitar congestionamentos. O ônibus só foi tirado do buraco com a ajuda de um guincho.

Por telefone, o G1 entrou em contato com a assessoria da Prefeitura de São Luís, comandada pelo petecista Edivaldo Holanda Júnior, para saber as providências tomadas no local. No entanto, até o início da noite de ontem não obteve qualquer retorno.

Prefeitura de Mata Roma simulou licitações de R$ 1 milhão para beneficiar empresas


Quatro construtoras faturaram os recursos repassados pelo Governo Federal, apesar de não executar ou executar irregularmente obras e serviços





Atual7

Um relatório da CGU, de um levantamento feito entre os dias 18 e 22 de março de 2013, aponta que a Prefeitura de Mata Roma, administrada pela peemedebista Carmem Silva Lira Neto – em sociedade com seu esposo, o ex-deputado Paulo Neto -, beneficiou pelo menos quatro empresas com recursos federais no âmbito de programas de governo ligados à Saúde e Educação do município.

Curta a página do Atual7 no Facebook

A prefeita de Mata Roma, Carmem Neto, ao lado de seu esposo, o ex-deputado Paulo Neto, que tenta a reeleição. Foto: Reprodução

A ELEITA E O DE FATO A prefeita de Mata Roma, Carmem Neto, ao lado de seu esposo, o ex-deputado Paulo Neto, que tenta a reeleição. Foto: Reprodução

Gerando uma despesa de R$ 1.082.560,36 (um milhão, oitenta e dois mil, quinhentos e sessenta reais, e trinta e seis centavos) para o já amassado cofre de Mata Roma, os contratos envolviam a construção de creche (PAC II) e quadra poliesportiva, Módulos Sanitários Domiciliares e Sistema Simplificado de Abastecimento de Água.

O esquema funcionava por meio de licitações direcionadas, onde as contratadas recebiam a verba pública apesar de não executar ou executar irregularmente obras e serviços.

De acordo com a CGU, as beneficiadas com a verba federal foram as construtoras São Lourenço Ltda, de CNPJ 10.402.298/0001-10, que faturou R$ 431.392,40 para construir uma quadra poliesportiva no município; a E.C.C. Construções Ltda, de CNPJ 13.519.933/0001-31, que levou R$ 270.887,08 para a construção de uma creche; a ECC Construções Ltda, de CNPJ 13.519.933/0001-31, beneficiada com R$ 244.780,88 pela produção de módulos Sanitários; e a Construtora Talento Ltda, de CNPJ 05.572.919/0001-73, que embolsou R$ 135.500,00 por um sistema de abastecimento de água.

Em resposta a apoio de Lula à Edinho, Flávio Dino fecha com Aécio Neves


No acordo, o deputado federal tucano Carlos Brandão tomou a vaga que era do PDT. Trabalhistas ainda chegaram a realizar dois eventos para indicar o vice





Atual7

Dois dias após realizar um evento em que declarou apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB), correu para Brasília e fechou, nesta terça-feira (15), espaço total no palanque para o principal adversário da petista nas eleições de outubro próximo, o senador tucano Aécio Neves.

Curta a página do Atual7 no Facebook

Além da vergonha imposta ao PDT, Dino agora se prepara para fazer oposição ao governo Dilma no Maranhão. Foto: Diego Emir

PODER SEM PUDOR Além da vergonha imposta ao PDT, Dino agora se prepara para fazer oposição ao governo Dilma no Maranhão – e provavelmente ao petecista Edivaldo Holanda Júnior, após outubro. Foto: Diego Emir

A galinhagem do comunista foi uma resposta a declaração dada nessa segunda-feira (14), pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que garantiu, em reunião com o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB), e com o pré-candidato do PMDB ao Governo do Maranhão, Edison Lobão Filho, o Edinho, que o Partido dos Trabalhadores dará total apoio ao peemedebista na disputa local.

A cerimônia de casamento entre o PCdoB e o PSDB acabou de vez com o namorico entre os comunistas e o PDT, que havia indicado o empresário Márcio Honaiser para o cargo de vice na chapa de Dino. Com o novo acordo – o outro foi feito ainda em 2012, a vaga de vice é agora do deputado federal Carlos Brandão.

A presença do deputado estadual Neto Evangelista na reunião, que até ontem declarava que não apoiaria a candidatura de Flávio Dino ao governo estadual, aponta para o fechamento de um outro acordo.

Prefeita de Bom Jardim manda isolar entrada da sede do Executivo com pedaços de madeira


Apesar de receber regularmente recursos federais, Lidiane Rocha atrasou salário de professores e não reiniciou as aulas na Zona Rural





Atual7

Sem ter como explicar o paradeiro dos R$ 8.777.952,37 do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), a prefeita de Bom Jardim, Lidiane Rocha, determinou que a porta de entrada da sede do Executivo Municipal fosse completamente isolada com pedaços de madeira. O caso inusitado aconteceu no final da noite dessa segunda-feira (14).

Leia também:
Lidiane Rocha abastece até BMW do esposo com dinheiro da Prefeitura de Bom Jardim

Sem respostas para o paradeiro das verbas federais, Lidiane Rocha literalmente fechou a prefeitura para qualquer diálogo com a população. Foto: Jornal Bom Jardim

CADÊ O DINHEIRO? Sem respostas para o paradeiro das verbas federais, Lidiane Rocha literalmente fechou a prefeitura para qualquer diálogo com a população. Foto: Jornal Bom Jardim

Curta a página do Atual7 no Facebook

A prefeita de Bom Jardim já havia espalhado, horas antes, a falsa notícia de que professores da rede de ensino público do município haviam tentado invadir seu gabinete, chegando a distribuir imagens em que a porta aparece quebrada. Fontes do Atual7 na própria prefeita informaram, porém, que a situação fora criada a mando do esposo da gestora, o ficha suja Beto Rocha.

Lidiane Rocha enfrenta uma sequência de protestos da população de Bom Jardim há cerca de duas semanas. Na manhã desta terça-feira (15), por exemplo, dezenas de professores, pais e alunos reivindicaram o retorno às aulas na Zona Rural do município, que está paralisada há mais de um ano.

Alunos, pais e professores exigem o retorno imediato às aulas em Bom Jardim, que estão paralisadas na Zona Rural há mais de um ano. Foto: Jornal Bom Jardim

REVOLTA Alunos, pais e professores exigem o retorno imediato às aulas em Bom Jardim, que estão paralisadas na Zona Rural há mais de um ano. Foto: Jornal Bom Jardim

As outras reivindicações são a volta da merenda escolar nas escolas – que pode levar a prefeita a ser presa em flagrante a qualquer momento, a distribuição de Livros Didáticos, o pagamento do terço de férias, reajustes e a convocação dos concursados. Os docentes reividicam ainda contra o corte de 50% em seus salários.

No protesto, os manifestantes chegaram a realizar um ‘enterro simbólico’ da prefeita, devido ao sentimento de revolta diante da falta de posicionamento da chefe do Executivo Municipal, que foi vista almoçando com o esposo e outras companhias recentemente, no Restaurante Dona Maria, em São Luís.

Gestão de Lidiane Rocha 'comeu' metade do salário dos professores. Foto: Jornal Bom Jardim

GOVERNO FEDERAL REPASSA, MAS… Gestão de Lidiane Rocha ‘comeu’ metade do salário dos professores. Foto: Jornal Bom Jardim