Beto das Vilas se perpetua no comando da Câmara de Vereadores de Ribamar
Política

Beto das Vilas se perpetua no comando da Câmara de Vereadores de Ribamar

Parlamentar está na presidência do Palácio Miguel Evangelista de Souza pela quinta vez consecutiva

No município de São José de Ribamar, a Câmara Municipal de Vereadores está sendo controlada pelo vereador Manoel Albertin Dias dos Santos, o Beto das Vilas (PV), pela quinta vez consecutiva. A perpetuação do parlamentar no comando dos cofres do Legislativo ocorreu no início de janeiro, durante a posse dos eleitos e reeleitos no município.

Sem adversários na disputa, ele foi mantido no comando da Câmara por aclamação.

A facilidade de Beto das Vilas em permanecer no alto poder do Palácio Miguel Evangelista de Souza tem lá suas razões de ser.

No final de 2016, por articulação dele com o então prefeito da cidade, Gil Cutrim (PDT), os vereadores tiveram sancionado pelo pedetista aumento salarial autorizado por eles próprios, dias antes. Com o reajuste, o salário que era de R$ 5,6 mil pulou para R$ 12,6 mil por mês. Tudo isso para participar de apenas uma sessão por semana, como vem ocorrendo nos últimos dois anos. Antes, não era muito diferente: era necessário participar de duas sessões por semana.

Em fevereiro de 2015, eterno presidente da Câmara ribamarense foi alvo de ação civil pública, por ato de improbidade administrativa, proposta pela promotora Elisabeth Albuquerque de Sousa Mendonça, do Ministério Público do Maranhão. Segundo o Parquet, a ação teria sido ajuizada em decorrência da omissão de informações no Portal de Transparência do Legislativo municipal, que estaria ocorrendo desde meados de 2013.

Passados quase dois anos, o vereador se reelegeu; articulou sua permanência no comando do Poder e o aumento do próprio salário e de seus pares; e ainda diminuiu a quantidade de sessões legislativas na Casa. O site de informações sobre orçamento e despesas públicas, porém, continua desatualizado — e o processo parado.

Comentários 1

  1. Joao Luiz Pereira Tavares

    Bom…,
    Portanto, visto que agorinha chegou o amanhecer do 1º domingo de 2017, vamos vestir-nos, tomarmos o café da manhã — de preferência um capuccino –, e vamos trabalhar no PC para ter dias melhores, tendo sempre o capacete e a espada à mão.

    Os nossos inimigos já sabemos! São a picaretagem, a baranguice, a cafonice, o Kitsch, a breguice e a mentira publicitária das velhas e velhos de Mídias Sociais do Petismo. Nem esquerda; nem direita.

    Embora, o específico PT, na atualidade recente, por outro lado, já tenham sido privados daquela imagem ilusória de invencibilidade que tinha sido criada por João Santana, e feito tanta gente tornar-se isentona e alienada, postando coisinhas infantis e oba-oba em sítios como o G+ e Facebook. E, daí, esquecendo totalmente de falar da picaretagem do PT.

    Todos esses bregas e essas bregas, que são categoricamente a favor das forças financeiras das trevas, vão continuar passivas e isentonas em 2017! Como se nem o ano 2016 tivesse acabado e passado. Afinal, sabemos, petistas têm Natal e reveillon ruins e antiquados. O ano 2016 foi o da vitória. Esses asseclas do Petismo estão longe de ser derrotados. A baranguice é tal qual ERVA DANINHA, cresce a minuto e a rodo. Portanto fiquem de OlhOs bem abertos!

    MAS, MESMO ASSIM, SERÁ UMA NOITE NÃO SOTURNA E SIM SOLAR E ALEGRE!

    O que queremos dizer é que a luta continua. Mas será uma luta mais alegre e mais solar, porque vemos divisões e dúvida no coração do inimigo, e vemos as primeiras luzes do sol, depois de uma longa noite de 13 anos de toda espécie de baranguice.

    ¿Por quê? ¿Por que dizemos que será uma luta mais alegre?

    Porque afinal a analfabeta política, de 50 milhões de votos, foi dado-lhe um ponta-pé na traseira pensante que ela leva sobre o pescoço, naquele glorioso ano de 2016.

    Por mais que possa parecer estranho e paradoxal, se milhões de brasileiros encontrarem mais coragem para se opor à máquina infernal que os aprisiona, a encontrarão também os milhões de cidadãos estadunidenses, que têm demonstrado que não querem mais ser soldadinhos de chumbo dispensáveis ou vacas leiteiras. Claro que estou a falar de gente pensante, e não de bregas, nem de universitárias de unidades decadentes do interior brasileiro e muito menos estou a debater a respeito de i-sen-to-nas.

    E, por mais estranho que pareça, mudando um pouco de assunto, um engraçado irlandês meio alemão que construiu um império hoteleiro, poderá, agora, jogar suas cartas no grande jogo. Digo lá nos Estados Unidos da América (país esse que nos permite está escrevendo nesse Newsletter nesse exato momento, o inventor da Internet).

    Não sabendo para que lado ele vai jogar exatamente, mas tendo em vista aqueles que tudo fizeram para impedir sua eleição, desejamos, desportivamente, poder apreciar a sua devida revanche! Dia 20 é a posse. Corajoso, que fala o que pensa, sem picaretagem fingida. Sem a tolice do politicamente-hipócrita-correto.

Comente esta reportagem