Belo Monte
Lava Jato: senha de Edison Lobão era ‘praia’ em esquema de Belo Monte
Política

Codinome do senador maranhense é ‘esquálido’. Planilha aponta que uma das propinas da Odebrecht foi de R$ 500 mil

A senha utilizada pelo senador Edison Lobão (PMDB-MA) em um dos supostos recebimentos de dinheiro no esquema de propina da Odebrecht, referentes às obras na usina hidrelétrica de Belo Monte, era 'praia'. É o que aponta planilha obtida pelo ATUAL7 relacionadas à Lava Lato, maior esquema de corrupção no país já desbaratado pela Política Federal.

A documentação foi apreendida pela PF na casa do executivo Benedicto Barbosa Silva Júnior, o BJ, ex-presidente da empresa, durante a deflagração da 23ª fase da Operação Lava Jato, batizada de “Acarajé”.

Pela planilha, Lobão, já identificado em outros documentos como o dono do codinome ‘esquálido’, está entre os beneficiados com o recebimento de propina ocorrida entre os dias 11 e 15 de agosto de 2014. No mesmo documento, segundo codinomes atribuídos por delatores, há o detalhamento de pagamentos feitos para o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco (Angorá); o ex-deputado federal e ex-chefe da Casa Civil do Governo da Paraíba, Inaldo Leitão (Cunhado e Todo Feio); e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (Belém e M&M), dentre outros.

— Clique na imagem para ampliá-la.
— Clique na imagem para ampliá-la.

O pagamento ao senador maranhense, que ocupou o cargo de ministro de Minas e Energia nos governos Lula e Dilma, segundo o documento, teria ocorrido no penúltimo dia daquela “programação semanal” de repasses da Odebrecht para agentes públicos e políticos corrompidos pelo sistema. O valor embolsado pelo peemedebista, de acordo com a planilha, foi de meio milhão de reais.

Toda a operação foi registrada no célebre sistema Drousys, que controlava os repasses.

Brasil

Tubo de estocagem de cimento se soltou e caiu sobre trabalhadores na madrugada do último sábado (30)

Maranhense, de Santo Antônio dos Lopes, entre os operários encontrados mortos após acidente em Belo Monte, no Pará. Imagens feitas pelos próprios trabalhadores mostram o momento dramático do resgate de feridos.

Posted by Atual7 on Domingo, 31 de maio de 2015

Mais um vídeo do resgate dos feridos após acidente em Belo Monte, no Pará. A cena é de desespero. Um maranhense, que trabalhava como ajudante de produção, está entre os mortos.

Posted by Atual7 on Domingo, 31 de maio de 2015

Um maranhense, do povoado de Muriçoca, pertencente ao município de Santo Antônio dos Lopes, está entre os mortos do acidente ocorrido na madrugada de sábado (30), na usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará.

José da Conceição Ferreira da Silva, 39 anos, era ajudante de produção e estava dentro de um dos doze silos de estocagem de cimento, composto por tubos que têm capacidade para 1.200 toneladas, que se soltou e caiu sobre os trabalhadores quando um caminhão descarregava material.

Imagens feitas pelos próprios operários da usina de Belo Monte registraram em vídeo o resgate de colegas após o acidente. As cenas, que podem ser vistas ao lado, são desesperadoras.

Além de José da Conceição, outros dois ajudantes de produção, Denivaldo Soares Aguiar e Pedro Henrique dos Santos Silva, também foram encontrados mortos. Três funcionários, que ficaram feridos, foram encaminhados para o hospital e receberam atendimento médico. Dois deles tiveram alta e o terceiro permanece internado com uma fratura no ombro.

De acordo com a assessoria de imprensa do Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM), a empresa terceirizada à qual o maranhense era vinculado realizou os procedimentos de liberação e traslado do corpo para a cidade de Santo Antônio dos Lopes.

Em nota distribuída à imprensa, o consórcio garantiu que vai prestar apoio às famílias das vítimas e ajudar nas investigações sobre as causas do acidente.

Confira a íntegra da nota:

NOTA

É com imenso pesar que o Consórcio Construtor Belo Monte informa que, no fim desta tarde (30/05), o Corpo de Bombeiros de Altamira (PA) concluiu o resgate dos corpos dos ajudantes de produção Denivaldo Soares Aguiar, José da Conceição Ferreira da Silva e Pedro Henrique dos Santos Silva, vítimas de acidente ocorrido na madrugada deste sábado no Sítio Belo Monte. O CCBM solidariza-se com a dor dos familiares e amigos, e está prestando todo o apoio às famílias.